7 exercicios que ajudam a perder a gordura localizada

É difícil encontrar alguém que não se preocupe com uma gordura extra presente em algum lugar do corpo. Pode ser na barriga, calças, parte interna das coxas, cintura, braços ou costas. A boa notícia é que essa gordura localizada pode desaparecer, ou pelo menos diminuir, com a combinação de exercícios e uma alimentação balanceada.

Os principiantes com características aeróbicas são importantes para a prática, uma vez que agirão principalmente usando a gordura como fonte de energia, mas temos de salientar que a gordura sai de todo o corpo e está a ser utilizada não só nessa área. "No entanto, o que as pessoas querem não é apenas uma redução da gordura, mas também a definição de músculo e isso acontece quando há menos gordura e mais músculos. Por isso, também é importante fazer trabalho muscular, ao mesmo tempo que enfatiza a área que quer mais resultados estéticos", diz Givando Matias, personal trainer da Rede de Treinadores de Testes.

Uma estratégia tem sido amplamente utilizada nas atividades físicas para obter a definição muscular desejada. "A linha de raciocínio e a ciência sugerem um treinamento intervalado de alta intensidade que pode ser apenas aeróbico ou combinado com trabalho de força / resistência muscular (musculação, treinamento funcional, pilates, etc.). Algo como dois minutos de corrida na esteira e dois de caminhada para trabalho aeróbico e se quiser pode inserir uma série com 2 ou 3 exercícios musculares a cada ciclo deste ”, orienta Matias. Essa estratégia vai trazer adaptações mais positivas no organismo e em troca também vai contribuir muito para a queima de gordura, pois esse formato gera um débito de oxigênio e faz com que o corpo fique com o metabolismo mais acelerado por alguns minutos ou horas depois para cobrir os danos. Uma observação que não pode faltar é que praticamente já precisa estar razoavelmente bem condicionado para iniciar este tipo de trabalho.

Por isso, listamos os melhores exercícios que podem ser feitos nas regiões onde a gordura localizada é mais desconfortável. Lembre-se que é interessante combiná-los com a aeróbica já mencionada.

SABER MAIS

Olhe para os 11 alimentos que o ajudam a perder o estômago

Veja as melhores dicas para perder o estômago

barriga

Para perder barriga, é necessário fortalecer os músculos da região abdominal. Portanto, os exercícios abdominais são grandes aliados nesse processo. É interessante exercitar todas as áreas do abdômen. “É preciso trabalhar o supra-abdominal (parte superior), oblíquos (lateral) e infra-abdominal (parte inferior)”, explica o personal trainer Givanildo Matias, do canal Test Trainer.

Além disso, não fique preso a repetições, é melhor fazer abdominais com menos repetições e alguma carga do que várias repetições sem peso. “Isso vai ajudar a aumentar a massa muscular da região”, explica o educador físico Gabriel Signorelli, treinador da Bodytech.

O agachamento com bola aumenta a amplitude de movimento, o que aumenta a intensidade. Para fortalecer a área, recomenda-se fazer exercícios abdominais pelo menos três vezes por semana.

Cortar

Para reduzir a gordura na região, vale investir em lutas como boxe e muay thai. "Ao trabalhar na movimentação do tronco, eles ajudam a definir essa região. Quem luta também vai trabalhar as armas, uma área muito procurada", diz Matias. Além disso, as lutas são excelentes exercícios aeróbicos que ajudam a queimar o excesso de gordura. A orientação é praticar essas lutas duas ou três vezes por semana.

Não gosta de uma ússis? Em seguida, aposte nos abdómenis da moda, os laterais, que contribuirão para o ganho da massa no lugar.

Calção

Para essa região, vale a pena investir na cadeira do sequestrador. Possui movimentos específicos para a musculatura das nádegas e por isso ajudará na redução das coxas. Para realizar o exercício de abdução, posicione o dispositivo na parte externa das pernas e classifique a carga de acordo com sua força. Também vale a pena fazer uma remoção com caneleiras. Este é o melhor exercício para fortalecer a área da culatra.

O passo também é interessante porque trabalha os músculos das nádegas, coxas e panturrilhas. Agachar-se também é uma boa alternativa porque trabalha a parte interna e externa das coxas. A orientação é exercitar a região das nádegas duas a três vezes por semana.

Parte interna das coxas

Para exercitar a parte interna das coxas, invista na cadeira adutora, na qual os movimentos são feitos empurrando o aparelho contra a parte interna das pernas. O cachimbo feito no chão com proteção para os pés também é uma alternativa. “Outras boas opções são o agachamento e a prática de legpress com bola ou rolo entre os joelhos, mas quem tem problema de rótula deve evitar a última opção”, diz Signorelli. A cadeira adutora é a melhor alternativa para trabalhar a parte interna das coxas. O objetivo é exercitar a região de duas a três vezes por semana.

arma

Para definir o músculo tríceps do braço, adeus, alguns exercícios podem ser grandes aliados. “Tríceps franceses, testes de tríceps, polia, rosca direta, rosca concentrada e rosca direta são boas alternativas para fortalecer a região”, diz Matias. As melhores alternativas são tríceps pulley e exercícios de curling. A orientação é realizar essa atividade de duas a três vezes por semana.

Esses exercícios não são os únicos a definir as mãos. Confira outras atividades que podem ajudá-lo a deixar suas mãos mais bonitas.

asas

Para encolher os quadris, aquela gordura extra que fica logo acima dos quadris, você precisa se concentrar no abdômen e na parte externa das coxas. “Então você investe no abdômen oblíquo, lateral e também na cadeira abdutora”, explica Matias. Não existe nenhum exercício que se concentre totalmente na região do quadril. Portanto, é a combinação dos dois exercícios, abdômen oblíquo e cadeira adutora, que ajudará a definir a área. A orientação é fazer essas atividades de duas a três vezes por semana.

devolvido

Você está preocupado com a gordura nas costas? A solução são exercícios que estimulam os músculos dessa região. “Nesse caso, a polia dianteira e a fileira assentada ajudam a fortalecer a área”, diz Matthias. Aprenda como fazer uma polia dianteira neste vídeo. O remo sentado é o exercício mais eficaz, ambos atuam nas costas como um todo. Concentre-se em completar essas atividades duas vezes por semana.

Comentários (4)

*Estes comentários foram gerados por este site.

  • rafa k cleto
    rafa k cleto

    Nossa comprei e adorei muito boa e tenho economia e acho q o q e bom tem q compartilhar

  • Vicki P Sebold
    Vicki P Sebold

    Ótimo produto, de excelente qualidade

  • adalgisa w. mencheim
    adalgisa w. mencheim

    Testei e aprovo vale a pena comprar. O preço é razoável vale a pena

  • Santa Fragas Menezes
    Santa Fragas Menezes

    Eu super recomendo este produto

Deixe o seu comentário

Ótimo! Agradecemos você por dedicar parte do seu tempo para nos deixar um comentário.